Alckmin promete corte de despesas no governo em curto prazo


O vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB)
O vice-presidente, Geraldo Alckmin (PSB)| Foto: José Cruz/Agência Brasil

Em entrevista neste sábado (15), o vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) disse que o governo pretende fazer cortes nos gastos do governo em curto prazo por serem “medidas que têm resultado mais rápido”. Ele não especificou quais cortes são esses.

“Com a melhor política fiscal, nós vamos ter juros mais baratos e melhor política monetária”, declarou.

A declaração aos jornalistas ocorreu durante o 17º Congresso do Transporte Rodoviário de Cargas da Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado de São Paulo.

O vice de Lula disse ainda que outros cortes virão em médio e longo prazo. Ele defendeu também a regulamentação da reforma tributária no Congresso e disse estar otimista quanto à aprovação. “A gente faz isso com diálogo”, afirmou, destacando ainda durante a entrevista que o governo precisa melhorar a arrecadação e combater a sonegação fiscal.

Alckmin lembrou que a reforma tributária pretende unificar cinco impostos sobre consumo: IPI, PIS, Cofins, ISS e ICMS no imposto sobre o valor agregado do álcool. “Ela desonera totalmente a exportação e totalmente o investimento”, destacou. Segundo ele, estudos do Ipea calculam que em 15 anos a reforma pode aumentar em 12% o PIB e em 14% os investimentos e exportações.



Source link