Antonia Leão faz sua estreia literária refletindo sobre a morte com humor


A jornalista Antonia Leão lança, neste sábado (5), seu primeiro livro, Rindo aos prantos. Pubicado pela casa editorial Telaranha Edições, a obra trata com leveza a ideia da morte, e como o inevitável para todos também pode ser aproximar do riso. O lançamento acontece a partir das 14h no Café Cultura Batel, quando a autora bate um papo com o público, com mediação do também jornalista José Carlos Fernandes, autor do prefácio do livro. A entrada é gratuita.

Siga Pinó no Instagram!

Em 22 crônicas bem-humoradas, Antonia vai dos eufemismos utilizados por adultos para explicar a morte às crianças a problemas com serviços funerários, passando por reações inesperadas, notícias chocantes e até momentos cômicos acontecidos em enterros.

No prefácio, José Carlos destaca a maneira que a autora encontrou para filosofar sobre a morte – “sem palavrório (…) mas também demonstra ter domínio da carpintaria da crônica”. Colunista da revista Pinó, da Gazeta do Povo, e professor de jornalismo da UFPR, ele aponta para o fato de que o trabalho de Antonia “dialoga com o espírito nonsense dos fait divers e canards, dois gêneros tão hilários quanto sinistros”.

Em 22 crônicas, <em>Rindo aos prantos</em> trata a ideia da morte com leveza e bom humor. Foto: divulgação
Em 22 crônicas, Rindo aos prantos trata a ideia da morte com leveza e bom humor. Foto: divulgação

“Estava conversando com minha prima quando Cláudia se levantou e, sem nenhum aviso, entrou no quarto onde vovó estava. Ela retornou uma hora e meia depois, com o rosto inchado de lágrimas, contando que queria deixá-la bonita para o velório. Então, percebi a bolsa aberta em sua mão, na qual estava visível um batom fechado e um pincel de maquiagem cheio e felpudo que se assemelhava ao rabo de um lulu-da-pomerânia. Se alguém averiguasse e abrisse a bolsa, provavelmente encontraria itens como pó compacto e paleta de sombras com tons parecidos com os que David Bowie usava. E foi assim que concluí que ela havia maquiado e vestido vovó”, escreve Antônia na crônica “Um remédio difícil de engolir”.

Antonia Leão é curitibana, tem 24 anos, é jornalista, colunista do jornal Plural e professora de inglês. Teve contos publicados pelo selo Off Flip e pelo jornal Cândido, da Biblioteca Pública do Paraná.

Rindo aos prantos pode ser adquirido no coquetel de lançamento, no site da editora e também em breve pela Amazon. O preço de capa sugerido pela editora é R$ 52.

Serviço:

Coquetel de lançamento  livro Rindo aos prantos

5 de novembro (sábado), a partir das 14h

Café Cultural Batel: Rua Coronel Dulcídio, 558, Batel

Grátis





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *