Antony comenta adaptação no United, exalta Casemiro e indica favoritos à Copa


O atacante brasileiro Antony vive sua primeira temporada pelo Manchester United, que desembolsou cerca de 100 milhões de euros (R$ 504,5 milhões na cotação da época) para contratá-lo. O jogador não demorou a se firmar no novo clube e logo assumiu a titularidade da equipe de Erik ten Hag.

Em entrevista ao Diario AS, o atacante comentou sua adaptação ao time inglês e citou a importância de alguns companheiros no processo, como o zagueiro Lisandro Martínez, os brasileiros Fred e Casemiro, e a ala portuguesa, comandada por Dalot, Bruno Fernandes e Cristiano Ronaldo.

“Estou me sentindo muito bem. Todos me receberam e me acolheram de forma maravilhosa. Tem os brasileiros que jogam comigo na Seleção, Martínez, que foi meu companheiro no Ajax, e os portugueses. Isso facilitou muito na minha chegada”, disse Antony, que avaliou o momento do United e fez projeções para o futuro.

“Temos um time forte e um novo método de trabalho com um novo treinador. É natural que o time passe por algumas oscilações. Mas tenho certeza que podemos crescer na temporada e brigar por títulos. É um ótimo grupo”, afirmou.

Prestes a disputar sua primeira Copa do Mundo, Antony falou sobre suas expectativas para o Mundial. Segundo ele, o Brasil é certamente um dos favoritos, mas outras seleções também estão no páreo.

“Brasil tem um elenco incrível, com jogadores de muita qualidade. E o mais importante é que somos amigos, vamos ajudar um ao outro. Sabemos da nossa capacidade e vamos dar o máximo por nosso país. Mas é difícil apontar só uma favorita. Tem outras equipes histórias e muito qualificadas, como a França, Argentina, Inglaterra e Portugal”, declarou.

O jovem atacante de 22 anos recordou sua trajetória pela Seleção, que teve início com o ouro olímpico nos Jogos de 2020, em Tóquio. Casemiro, seu companheiro de time, é um dos que ajuda o jogador a conter a ansiedade para o Mundial do Catar.

“O ouro olímpico foi indescritível e me abriu as portas na Seleção. É algo que ficará marcado na minha vida e na minha pele, pois tatuei a medalha na minha perna. Jogar a Copa é um sonho máximo, o auge de qualquer jogador. Quando criança, nós vemos o Mundial pela televisão, pintamos as ruas, e agora poder estar em campo é incrível”, celebrou.

“Sempre estou junto do Casemiro, conversamos muito. Existe a ansiedade com a chegada da Copa, que vai ser minha primeira. É inexplicável. Ter jogadores como ele no mesmo clube facilita muito minha adaptação à Seleção”, exaltou Antony, que ainda previu um possível duelo Brasil x Argentina no Mundial.

“Argentina é um grande rival do Brasil. Qualquer jogo contra eles sempre é decisivo. Em uma copa então, seria ainda mais histórico. Quem sabe, vamos ver…”, finalizou.

O confronto contra os “hermanos”, porém fica só na imaginação por enquanto. O Brasil compõe o grupo G da Copa, ao lado da Sérvia, Suíça e Camarões. A estreia brasileira está prevista para as 16 horas (de Brasília) do dia 24, diante dos sérvios, no estádio Lusail.

Deixe seu comentário





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *