Associação Americana de Medicina abandona o uso do padrão IMC como indicador de peso – Notícias

[ad_1]


A AMA (Associação Americana de Medicina, na sigla em inglês) decidiu abandonar o uso do IMC (índice de massa corpórea) como padrão de indicador de peso na medicina.


A medida foi tomada após a associação entender que o indicador era “problemático” e excluía padrões raciais, étnicos, de idade e gênero ao não levar em consideração as diferenças de cada grupo para medir os níveis de gordura corporal.



Dessa maneira, os médicos passarão a ser instruídos pela AMA a usar outras medidas para o diagnóstico de obesidade.


Em comunicado, a AMA afirma reconhecer que os padrões do IMC são baseados em dados coletados com gerações anteriores, majoritariamente brancas e não hispânicas. A conclusão foi  que o padrão estaria correlacionado aos níveis de gordura corporal na população, em geral, mas não levaria em consideração padrões individuais. 


• Compartilhe esta notícia no WhatsApp
• Compartilhe esta notícia no Telegram


A partir disso, a recomendação é que sejam utilizados padrões que levem em consideração medidas de gordura visceral, índice de adiposidade corporal, composição corporal, massa gorda relativa, circunferência da cintura e fatores genéticos/metabólicos.


Saiba quem tem mais chances de ter deficiência de magnésio e quais os benefícios da suplementação:


[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *