Auxiliar de Scaloni foi vilão contra Holanda, rival da Argentina nas quartas

[ad_1]

Quarto jogador com mais jogos pela seleção argentina, Roberto Ayala é auxiliar do treinador Lionel Scaloni e já foi personagem de duas eliminações da Argentina nas quartas de final da Copa do Mundo, incluindo contra a Holanda, adversário desta sexta-feira.

Para os brasileiros, a Copa da França em 1998 é marcada pela derrota na final e a exibição de gala de Zinedine Zidane. A lembrança dos ‘hermanos’ deste Mundial também é negativa. Nas quartas de final, a Argentina encarou a Holanda e foi eliminada com gol nos minutos finais.

Holanda x Argentina em 98

No dia 4 de julho de 1998, no Estádio Vélodrome, em Marselha, Patrick Kluivert abriu o placar logo aos 12 minutos. Na sequência, Cláudio “Piojo” López empatou a decisão. Com uma expulsão para cada lado, o jogo seguiu empatado até os últimos minutos, quando Dennis Bergkamp recebeu lançamento, deu drible desconcertante em Ayala e marcou o gol da vitória.

“O erro não está na área, o erro está em não ter lido o lançamento de 40 metros. Eu estava mal perfilado nessa jogada e como líbero eu poderia ter tirado para a lateral com a cabeça ou pé. Porém, me surpreendi”, declarou Ayala sobre a falha no drible tomado ao jornal Clarín.

Alemanha x Argentina em 2006

Outra ocasião envolvendo a Argentina em quartas de final da Copa do Mundo foi no dia 30 de junho de 2006. A seleção argentina encarou as donas da casa Alemanha e foi eliminada nos pênaltis, depois de um empate por 1 a 1 no tempo normal. O zagueiro Roberto Ayala abriu o placar na volta do intervalo e Miroslav Klose empatou aos 34 minutos da segunda etapa.

Na disputa de pênaltis, o autor do gol argentino no tempo regulamentar Ayala errou a cobrança. A Alemanha acertou todas as penalidades e Esteban Cambiasso perdeu a batida decisiva que tirou a Argentina da Copa.

Carreira de Ayala

Roberto Fabián Ayala atuou em 115 jogos com a camisa da seleção argentina, disputou três Copas do Mundo e conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Atenas de 2004. O zagueiro passou por River Plate, Milan, Valencia e outros clubes da Europa.

Aposentado desde 2010, Ayala se juntou à comissão técnica de Lionel Scaloni em janeiro de 2019 e está acompanhando a seleção nesta Copa do Mundo do Catar.

Clássico de Copa

A Argentina enfrenta a Holanda nas quartas de final do Mundial nesta sexta-feira, a partir das 16 horas (de Brasília). O duelo será disputado no Estádio Lusail, em Doha, e o vencedor irá cruzar o caminho nas semifinais de quem levar a melhor no confronto entre Brasil e Croácia.

Deixe seu comentário



[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *