Biden e outros líderes mundiais fazem reunião de emergência sobre Polônia – Notícias



O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e outros líderes mundiais que participam na cúpula do G20, em Bali, iniciaram nesta terça-feira (15) uma reunião de emergência na ilha indonésia para discutir o incidente na Polônia, segundo informou a Casa Branca.


O encontro é realizado no hotel Grand Hyatt de Bali, onde Biden está hospedado. A imprensa presenciou a chegada do primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, ao local.


O governo da Polônia atribuiu a um “míssil de fabricação russa” a explosão ocorrida nesta terça-feira no leste do país, perto da fronteira com a Ucrânia, que causou duas mortes, e convocou o embaixador da Rússia em Varsóvia.


A imprensa teve acesso ao início da reunião e viu os líderes sentados em uma mesa oval com placas com os nomes dos países e organizações presentes.


Os repórteres perguntaram a Biden se ele forneceria informações sobre a causa da explosão, mas ele respondeu com um simples “não”.


Além de Biden, a reunião contou com a presença do chanceler alemão, Olaf Scholz; dos primeiros-ministros do Canadá, Reino Unido, Itália e Japão, Justin Trudeau, Rishi Sunak, Giorgia Meloni e Kishida Fumio, respectivamente; e do presidente francês, Emmanuel Macron.


A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, também estiveram presentes, informou a Casa Branca.



Michel disse estar “chocado” com a notícia do ataque com mísseis em território da Polônia e que se mantém “em contato com as autoridades polonesas, membros do Conselho Europeu e outros aliados” para discutir a situação, segundo escreveu na sua conta oficial no Twitter.


Biden estava programado para começar o dia com uma cerimônia de plantação de árvores com o presidente indonésio e outros líderes, mas a participação do presidente dos EUA e dos seus colegas do G7 foi suspensa por causa do incidente na Polônia.


O presidente da Indonésia, Joko Widodo, também compareceu à reunião e, quando questionado por repórteres, disse que não tinha falado com outros líderes mundiais sobre o que aconteceu na Polônia.


“O G20 é um fórum econômico, financeiro e diplomático, não um fórum político. Portanto, aqui falamos de economia”, disse o líder encarregado da presidência rotativa do grupo.




Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *