Busca por hemodiálise triplica após a pandemia da Covid-19


A hemodiálise é um procedimento que realiza a função do rim no corpo humano, retirando as toxinas, água e sais minerais pelo auxílio de uma máquina. Naturalmente, os rins é que fazem este papel importante no corpo, limpando e eliminando por meio da urina, as substâncias ruins do organismo.

Esse método, que é responsável pela sobrevivência de mais de 140 mil brasileiros, os quais não conseguiriam sobreviver sem este tratamento, chegou a triplicar durante a pandemia da Covid-19. “Durante a pandemia vivenciamos o momento mais crítico da Nefrologia no atendimento dos pacientes internados no hospital. A demanda de pessoas necessitando de terapia renal substitutiva triplicou em relação do número pré-pandemia”, afirma Bruno Vieira, médico nefrologista, em entrevista ao G1.

Muitos pacientes se recuperaram do Corona vírus, mas permaneceram com a disfunção renal e por conta disto a busca pela especialidade e a necessidade do procedimento aumentou.

Este tipo de procedimento começa muito antes do que se imagina “Para se conseguir realizar a hemodiálise é necessário que tenhamos água e materiais de qualidade, principalmente o capilar que é onde as impurezas e toxinas são removidas”, explica o médico. Ainda de acordo com o G1.


Explicação do tratamento (Foto: Reprodução/pro rim)


Também é necessário máquinas com boa tecnologia, enfermeiros e técnicos capacitados para realizar o procedimento. Segundo o site Pro rim, o procedimento é realizado por meio de uma máquina, Nessa máquina existe um filtro, chamado dialisador (rim artificial), usado para limpar o sangue. O sangue é bombeado por meio de um cateter (tubo) ou de uma fístula arteriovenosa (ligação entre uma artéria a uma veia).

É de extrema importância para esses tratamentos estar em uma instituição segura, a clínica DaVita (prestadora de serviço do hospital da Beneficência Portuguesa de Santos) é referência mundial neste tipo de tratamento, a clínica DaVita presta atendimento em todos os setores de Terapia Intensiva, Enfermaria, Unidade Coronariana e quartos privativos. Realizando também Diálises, Plasmaférese e Peritoneal.

 

Foto Destaque: Máquina para o tratamento de Hemodiálise. Reprodução/Escola da paz.





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *