Caça dos EUA derruba OVNI que sobrevoava o Canadá –


Em uma operação conjunta, caças do Canadá e dos Estados Unidos derrubaram um objeto voador não identificado (OVNI) que sobrevoava o noroeste canadense, no sábado 11.

A ordem para a derrubada partiu do primeiro-ministro Justin Trudeau. O Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte abateu o artefato, que no momento da queda estava sobre Yukon.

“Caças canadenses e americanos foram designados, e um F-22 dos EUA disparou com sucesso contra o objeto”, disse Trudeau. “Falei com Biden à tarde. Agora, as Forças do Canadá vão recolher e analisar os destroços.”

De acordo com o Pentágono, o Comando de Defesa já havia detectado o objeto sobrevoando o Alasca na noite de sexta-feira 10, quando caças americanos começaram a monitorá-lo. As aeronaves canadenses CF-18 e CP-140 se juntaram à formação quando o OVNI entrou no espaço aéreo do país.

A ministra da Defesa do Canadá, Anita Anand, não fez especulações, mas disse que o objeto é menor do que o balão chinês abatido por Washington na costa da Carolina do Sul na semana passada, tem formato cilíndrico e voava a cerca de 12 quilômetros de altura, representando um risco ao tráfego aéreo civil.

“Um F-22 derrubou o objeto em território canadense usando um míssil AIM 9X após coordenação entre as autoridades dos EUA e do Canadá”, disse o porta-voz do Pentágono, Patrick Ryder, em um comunicado.

O presidente americano, Joe Biden, autorizou uma ação conjunta com o Canadá para derrubar o objeto após uma ligação com Trudeau, segundo o Departamento de Defesa dos EUA. “Os líderes discutiram a importância de recuperar o objeto para determinar mais detalhes sobre sua finalidade e origem”, informou a Casa Branca em um comunicado.

Trata-se do terceiro caso do tipo na região neste mês. O balão chinês abatido na semana passada passou por Billings, no Estado de Montana, onde fica uma base militar com silos de mísseis balísticos intercontinentais. Para os EUA, o item servia a espionagem; para Pequim, o objeto realizava pesquisas, sobretudo meteorológicas.

Na sexta 10, um segundo objeto de alta altitude que sobrevoava o território americano foi derrubado. De acordo com o governo americano, o item, que passava pelo Estado do Alasca, foi detectado na noite de quinta-feira 9 e voava a 12 quilômetros de altitude — por isso, trazia riscos à aviação civil.





Source link