Carteira de crédito do Banrisul avança 20%


Os destaques na evolução da carteira do Banrisul foram o agronegócio, crédito comercial para pessoa física e jurídica, comércio exterior e financiamento imobiliário

O Banrisul registrou lucro líquido ajustado de R$ 251,1 milhões no quarto trimestre de 2022, aumento de 82,1% frente ao trimestre anterior, com rentabilidade de 10,9% sobre o patrimônio líquido. O resultado do quarto trimestre reflete, principalmente, o crescimento da margem financeira, o incremento na carteira de crédito e o aumento das receitas de prestação de serviços e tarifas bancárias. Já o lucro líquido anual atingiu R$ 780,8 milhões. A carteira de crédito do Banrisul totalizou o valor de R$ 49,1 bilhões, um salto de 19,7% superior ao patamar de dezembro de 2021. Os destaques na evolução da carteira foram o agronegócio, crédito comercial para pessoa física e jurídica, comércio exterior e financiamento imobiliário.O Banrisul registrou lucro líquido ajustado de R$ 251,1 milhões no quarto trimestre de 2022, aumento de 82,1% frente ao trimestre anterior, com rentabilidade de 10,9% sobre o patrimônio líquido. O resultado do quarto trimestre reflete, principalmente, o crescimento da margem financeira, o incremento na carteira de crédito e o aumento das receitas de prestação de serviços e tarifas bancárias. Já o lucro líquido anual atingiu R$ 780,8 milhões. A carteira de crédito do Banrisul totalizou o valor de R$ 49,1 bilhões, um salto de 19,7% superior ao patamar de dezembro de 2021. Os destaques na evolução da carteira foram o agronegócio, crédito comercial para pessoa física e jurídica, comércio exterior e financiamento imobiliário.

“Nosso grande destaque em termos financeiros é a carteira de crédito, que cresceu 20% ano contra ano. O crédito consignado continua sendo muito importante, pois praticamente 40% da carteira é direcionada para esse tipo de oferta. Também crescemos muito na carteira de crédito rural”, relatou Cláudio Coutinho, presidente do Banrisul, em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (16). Ele também destacou a atuação do banco no meio rural. “Vamos continuar apoiando todo o setor do agronegócio, mesmo em situações de estiagem, e achamos que ainda temos espaço pra crescimento nessa área. Financiamos muitos projetos de irrigação e podemos ter uma boa margem com isso. Quanto ao Plano Safra 2022/2023, nossa meta era de R$ 7 bilhões e já liberamos 66% deste valor”, revelou. Desde 2021, o Banrisul vem sendo inaugurados espaços físicos destinados ao agronegócio para ampliar o alcance do banco com apoio técnico e orientação financeira realizada por profissionais especialistas no setor, nos municípios de Santo Ângelo, Cruz Alta, Passo Fundo, Bagé, Santana do Livramento, Ijuí e Carazinho. Para este, está prevista a abertura de mais dez Espaços Agro.

Coutinho também fez questão de colocar em evidência o baixo índice de inadimplência do banco estatal gaúcho (1,58%), “o menor da história do Banrisul e da indústria de banco de varejo”, segundo ele. “O motivo é que temos um mix de linhas de crédito muito garantidas, seguras e conservadoras. O Rio Grande do Sul tem vivido nos últimos anos um cenário muito positivo, inclusive com aumento no crédito para micro e pequenas empresas”, explicou. Sem citar diretamente o caso das Lojas Americanas, Coutinho revelou que o banco está protegido desse rico, pois não ofertou crédito para a varejista.

“O Banrisul continua a não operar com empresas large corporate, pois o retorno não é favorável. Eventos recentes não nos afetaram, pois o Banrisul não opera com esse tipo de companhia. Nosso risco de crédito é pulverizado e dividido em médias e pequenas empresas. Nossa missão é alavancar a economia do Rio Grande do Sul apoiando pequenos negócios”, ponderou. Em 2022, o banco concedeu R$ 960,1 milhões em crédito nas linhas de capital de giro Pronampe e PEAC, reabertas em agosto, que contam com Fundos Garantidores. As linhas Banrisul Giro FGI e Banrisul Fampe Mais, esta última concedida aos pequenos negócios e que oferece capacitação empresarial, educação financeira e consultorias em gestão para a tomada consciente de crédito, disponibilizaram juntas R$ 689,7 milhões. 

Em 2022, foi elaborado o segundo Inventário de Gases de Efeito Estufa, que foi certificado com o Selo Ouro pelo Programa Brasileiro GHG Protocol, sendo essa a mais alta certificação. No mesmo período, o Banco desenvolveu seu Plano de Mitigação e Compensação de emissões de gases de efeito estufa, definindo projetos para reduzir suas emissões e foi Carbono Neutro pela primeira vez em relação às emissões diretas e ao consumo de energia. Com o avanço nas práticas e projetos da pauta climática, o Banrisul realizou o segundo reporte ao CDP, importante instrumento global de avaliação climática das organizações.

O ano de 2022 também marcou o início da implementação do projeto de migração do consumo de energia para uma fonte 100% renovável, e teve início com 100 agências aderindo ao Mercado Livre de Energia, com a finalização prevista para 2023. Esse projeto começou no terceiro trimestre de 2022, quando foi lançado um edital para a compra de energia de fonte 100% renovável no Ambiente de Contratação Livre (ACL), iniciativa que, além do reflexo ambiental e climático positivo, prevê proporcionar uma economia aproximada de R$ 47 milhões, em energia, até 2031. “Para 2023, vamos continuar avançando na agenda ambiental e o principal desafio nosso e de todo o setor bancário será o escopo 3, ou seja, avaliar o impacto de gases estufas e das operações financeiras, como elas acabam criando gases com efeito estufa. Avaliaremos se o uso de recursos para empresas irá aumentar ou não esses gases. Ninguém no sistema financeiro tem essa metodologia aplicada ainda”, avaliou Coutinho. 



Source link