Catarinense Lunelli anuncia Viviane Lunelli como nova presidente


“Nossa ideologia tem na sua essência a missão de melhorar a vida das pessoas através de oportunidades, produtos e serviços. O trabalho de um gestor, nesse contexto, é fazer o que precisa ser feito, da melhor maneira possível e com impactos positivos”, ressalta Viviane

A Lunelli, indústria e varejo catarinense do ramo de moda com mais de 40 anos de existência, anuncia Viviane Cecilia Lunelli como sua nova presidente. A executiva, que ocupava o cargo de vice-presidente, sucede o irmão Dênis Luiz Lunelli, que estava à frente da companhia desde 2009 e agora assume a presidência do conselho consultivo. A nova gestão seguirá o planejamento estratégico da empresa, detentora de oito marcas Lunelli, Lunender, Lez a Lez, Alakazoo, Hangar 33, Fico, Graphene e Vila-Flor , que cresceu 112% nos últimos cinco anos e alcançou faturamento de mais de R$ 1,5 bilhão no ano passado.

A nova gestão ficará atenta às mudanças do mercado, que movimenta valor próximo a R$ 200 bilhões no país, segundo a Associação Brasileira de Indústria Têxtil e Confecção (Abit), e tem seus mais de 20 mil clientes e 35 lojas entre próprias e franqueadas no centro de sua estratégia, com olhar atento para a qualidade dos produtos e do atendimento, a fim de agregar experiência e valor às marcas. De acordo com a presidente, sua gestão também pretende reforçar a cultura organizacional, cada vez mais voltada às pessoas. Há 34 anos na companhia, Viviane tem sua trajetória profissional marcada pela participação e liderança no planejamento estratégico e na cultura da organização, que conta atualmente com quase 5 mil funcionários. A executiva possui amplo conhecimento em gestão e é grande incentivadora e patrocinadora dos assuntos relacionados ao desenvolvimento de pessoas e ações focadas em sustentabilidade.

“Nossa meta será sempre buscar o crescimento sustentável, aquele que atende aos diversos interesses de toda a cadeia, de forma a gerar valor e relevância a uma sociedade mais justa, ambientalmente correta e economicamente equilibrada, a fim de manter a perenidade da companhia e atender aos preceitos de governança”, afirma a nova presidente. “Nossa ideologia tem na sua essência a missão de melhorar a vida das pessoas através de oportunidades, produtos e serviços. O trabalho de um gestor, nesse contexto, é fazer o que precisa ser feito, da melhor maneira possível e com impactos positivos”, ressalta a executiva.

Viviane revela que os temas que mais a motivam a atuar como catalisadora para que a Lunelli possa ser um agente de mudanças são felicidade e bem-estar no trabalho, diversidade e ESG (sigla para ações de governança, sociais e ambientais). Nesse sentido, a empresa tem alcançado realizações que reforçam o propósito de melhorar a vida das pessoas, como o movimento Moda Circular, com produtos feitos a partir de fibras têxteis recicladas e uso de lavanderia ecológica. No âmbito da diversidade, a ascensão de Viviane ao principal cargo da empresa é representativa, uma vez que as mulheres correspondem a cerca de 70% de todos os colaboradores alocados em suas unidades em Santa Catarina, São Paulo, Ceará e também no Paraguai, muitas delas costureiras. Para valorizar o papel dessas e de todos os outros colaboradores, a empresa coloca em prática o conceito Moda com Significado, que anexa às roupas tags com histórias das pessoas que fazem a Lunelli.

“Quem compra uma peça das marcas integrantes da Lunelli leva mais que uma nova roupa para casa; leva histórias, leva conquistas pessoais e profissionais de cinco mil colaboradores. Desse modo, pretendemos tornar a companhia cada vez mais relevante e significativa para as pessoas e a comunidade”, conclui Viviane.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *