Ceará recebe mais de 38 mil doses da vacina Coronavac para crianças


Nesta segunda-feira, 16, o estado do Ceará recebeu um lote com mais de 38 mil doses da vacina Coronavac infantil enviadas pelo Ministério da Saúde. No sábado, 14, a vacinação de crianças de 3 a 11 anos havia sido suspensa na cidade de Fortaleza devido à falta de doses de imunizantes. 

Segundo informações do “g1”, o previsto é que a distribuição e logística comece nesta quinta-feira, 19, para os municípios, assim seguindo as demandas de segunda dose da vacina. 


Post sobre a notícia. (Reprodução/Twitter @g1ceara)


Até o final do mês de janeiro, o Ministério da Saúde prevê o envio do primeiro lote bivalente contra a Covid-19 da Pfizer, que protege o indivíduo contra o coronavírus e as subvariantes da Ômicron, além de remessas pediátricas até o fim de janeiro. 

Vacinas contra Covid-19 para crianças

Segundo detalhado pelo “Portal GCMais”, a secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente, Ethel Maciel, destacou: “As primeiras doses devem ser usadas para dar continuidade à vacinação de crianças de 3 a 11 anos. Serão distribuídas de maneira isonômica, conforme solicitação de cada ente federativo e do cálculo de público-alvo”.

De acordo com a secretária, a imunização para crianças de seis meses a 11 anos estava faltando. Ethel Maciel disse: “Nós temos o contrato do butantan paralisado, recebemos o governo com o contrato paralisado. Estamos negociando porque a Coronavac é fundamental para que a gente possa acelerar o abastecimento de estados e municípios, principalmente no público de 3 anos em diante”.

Conforme o site citado, quanto às vacinas em Fortaleza que seguem disponíveis, há: D2 Pfizer baby (6 meses a 2 anos, 11 meses e 29 dias), D2 Pfizer adulto, D2 Astrazeneca e D3 e D4 (que serão realizados com o imunobiológico disponível).

Síndrome gripal

Indivíduos que estão com Covid-19 só devem receber o imunizante 30 dias depois do início dos sintomas ou do resultado positivo em casos de assintomáticos. Em casos negativos para o coronavírus, no entanto com quadro de síndrome gripal, o recebimento da vacina deve acontecer depois de 48 horas do desaparecimento dos sintomas. 

Foto Destaque: Imunização de criança. Reprodução/Governo do Ceará.  





Source link