Com alta recorde nos termômetros, veja os principais cuidados com a saúde com temperaturas elevadas – Notícias





Neste domingo (24), o Brasil deve bater o recorde de temperaturas em inúmeros estados, podendo ultrapassar os 40°C em algumas regiões.


O dermatologista Gustavo Martins, da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia), alerta que temperaturas a partir dos 35°C já demandam maiores cuidados.





Com essa alta nos termômetros, é importante manter os cuidados com a saúde em dia, já que a temperatura elevada pode causar queimaduras, insolação, desidratação e até mesmo a morte entre pessoas de grupos vulneráveis, conforme explica a médica pós-graduada em nutrologia Patrícia Santiago.


O Ministério da Saúde ressalta que crianças e idosos devem ter maior atenção, visto que o tempo seco e a baixa umidade do ar podem levar a problemas respiratórios, ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz.


O órgão reforça a importância do protetor solar, que deve ser aplicado pelo menos 30 minutos antes da exposição ao sol, para que possa haver a absorção adequada, e devendo ser reaplicado a cada duas horas.


A endocrinologista Tassiane Alvarenga, da SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia) lembra que a ingestão de água é imprescindível para manter a hidratação.


“A água é fundamental para o bom funcionamento do organismo, para o transporte de nutrientes, para a regulação da temperatura corporal, entre outras funções. A desidratação afeta o equilíbrio dos fluídos corporais, a função dos órgãos e sistemas, além de prejudicar o transporte de nutrientes e a eliminação de resíduos. Até 10% dos casos de cansaço e fadiga crônica que aparecem em nos consultórios médicos podem estra relacionados a desidratação.”


Ela diz, ainda, que a quantidade ideal de consumo de água pode variar conforme as condições climáticas.


“A diretriz geral é de que homens devem consumir de 2 a 3 litros diários e mulheres de 2 a 2,5 litros. O cálculo para saber a quantia ideal é de 35mL para cada quilo. Assim, uma pessoa que pesa 68 Kg deve tomar aproximadamente 2,38 litros de água por dia. É importante adequar essa quantidade às diferenças de nível de atividade física, clima, ingestão de sódio, metabolismo, consumo de álcool e estado de saúde (em casos de febre ou diarreia, por exemplo, é importante aumentar a ingestão de água)”, explica. 


Tassiane acrescenta que em dias de calor mais intenso, as pessoas tendem a perder mais água por meio do suor.


• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram


“Dependendo da intensidade do calor, um indivíduo pode perder até 3,5 litros por dia, e em indivíduos que praticam exercícios físicos intensos por mais de uma hora ao dia, a perda pode atingir até 6 a 7 litros de água diariamente. Dessa forma, o ideal é beber ao menos três litros de água por dia neste calorão.”



Ajustes para lidas com o calor



O Ministério da Saúde elenca alguns cuidados que podem ajudar a lidar melhor com a alta das temperaturas e minimizar os problemas que o calor pode gerar:


• Aumente a ingestão de água ou de sucos de frutas naturais, sem adição de açúcar, mesmo sem ter sede;


• Evite bebidas alcoólicas e com alto teor de açúcar;


• Faça refeições leves e com maior frequência;


• Ofereça água a recém-nascidos, crianças, idosos e pessoas com alguma comorbidade, pois elas podem não sentir sede;


• Abra as janelas durante a noite;


• Utilize menos roupas de cama e use com menos roupas ao dormir, especialmente em bebês e pessoas acamadas;


• Mantenha ambientes úmidos com umidificadores de ar, toalhas molhadas ou baldes de água;


• No período de maior calor, tome banho com água ligeiramente morna, evitando mudanças bruscas de temperatura;


• Evite a exposição direta ao sol, em especial, de 10h às 16h;


• Use protetor solar,chapéus e óculos escuros;




• Use roupas leves e que não retêm muito calor;


• Diminua os esforços físicos e repouse frequentemente em locais com sombra, frescos e arejados;


• Em veículos sem ar-condicionado, deixe as janelas abertas. Não deixe crianças ou animais em veículos estacionados.


Folhas verdes, frutas cítricas e leguminosas: saiba quais alimentos fortalecem o sistema imunológico:





Source link