Com Ziyech em campo, Marrocos está invicta há mais de três anos

[ad_1]

A Seleção Marroquina fez história nesta quinta-feira ao se classificar para as oitavas de final da Copa do Mundo após 36 anos. A confirmação do primeiro lugar do Grupo F veio com a vitória por 2 a 1 diante do Canadá, com show de Hakim Ziyech, um craque com história de sucesso, embora controversa, no Marrocos.

Com o meia em campo, o time africano não perde há mais de três anos. A última vez em que a equipe sofreu uma derrota com Ziyech em campo foi em 16 de junho de 2019, quando viu a Zâmbia vencer por 3 a 2 em amistoso.

Desde então, o jogador esteve em campo em 21 partidas por Marrocos, com 15 vitórias e seis empates (80,95% de aproveitamento). No entanto, ele ficou fora de 29 partidas nesse período, por motivos físicos e de brigas com o treinador.

Ausências

Mesmo sendo um dos nomes mais badalados da geração marroquina, o meia do Chelsea por pouco não ficou fora do Mundial, mesmo sem lesões. O jogador chegou a afirmar que não jogaria mais pela seleção após polêmicas com o antigo treinador, Vahid Halilhodzic.

Ziyech teve relação tulmutuosa com o bósnio e recebeu críticas por seu comportamento durante os períodos em que se juntou ao elenco de Marrocos. O técnico o acusou, ainda, de fingir uma lesão para não atuar em um amistoso.

A crise, entretanto, foi confirmada no início do ano, quando o meia ficou fora da lista de Halilhodzic para a Copa Africana de Nações. Após o torneio em que os marroquinos chegaram às quartas, o jogador declarou, aos 28 anos, que não atuaria mais pela seleção.

Desde a derrota contra a Zâmbia em 2019, Marrocos jogou 29 vezes sem Zyiech, com 20 vitórias, seis empates e três derrotas (75,86% de aproveitamento).

Dado como desfalque certo para a Copa, a sorte de Ziyech virou em agosto, quando o bósnio foi demitido da Seleção de Marrocos. O ex-jogador Walid Regragui assumiu o cargo e, assim, o convocou para os amitosos e para o Mundial.

Impacto

Voltando a atuar pelo seu país, Ziyech foi titular nas três partidas de sua seleção na fase de grupos da Copa do Mundo. Diante da Bélgica, pela segunda rodada, o meia chegou a marcar o primeiro gol do duelo, mas o VAR anulou por interferência de um jogador impedido.

Na rodada de encerramento da primeira fase, o meia foi crucial para carimbar a classificação e garantir a primeira colocação do Grupo F (contou com o empate entre Croácia e Bélgica).

A vitória por 2 a 1 contra o Canadá Ziyech ficou em campo por cerca de 76 minutos, mas precisou de apenas quatro para balançar as redes. Após erro na saída de bola, o marroquino aproveitou o goleiro Borjan adiantado e o encobriu da intermediária. Dezoito minutos depois, ele voltou a brilhar e deu a assistência para En-Nesyri ampliar e, dessa forma, garantir os três pontos.

Durante a partida, o camisa 7 do Marrocos, além de abrir o placar, teve atuação de destaque, com 22 passes certos (84,6% de acerto), sendo cinco para finalizações, uma virada de jogo e um lançamento. Os números são do FootStats.

Deixe seu comentário



[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *