Cristiano Ronaldo detona Manchester United


Na temporada 2022/23, Cristiano Ronaldo não tem atuado com frequência pelo Manchester United, agora treinado por Erik Ten Hag. Em entrevista ao jornal inglês The Sun, o astro português disse que se sente “traído” pelo clube e que Ten Hag e outras pessoas tentaram forçar sua saída.

“Sim, não só o técnico (tentou forçar a saída de Cristiano Ronaldo), mas também outras duas ou três pessoas no clube”, começou dizendo o jogador de 37 anos.

“Eu me senti traído. Senti que algumas pessoas não me querem, não só neste ano, mas também no ano passado”, completou.

Cristiano Ronaldo também afirmou que não viu “evolução” no Manchester United desde a aposentadoria do histórico técnico Sir Alex Ferguson. Como exemplo, o português citou a escolha de Ralf Rangnick como treinador interino após a demissão de Ole Gunnar Solskjaer na temporada 2021/22.

“Eu não sei o que está acontecendo mas, desde que Sir Alex Ferguson saiu, eu não vi nenhuma evolução no clube, o progresso foi zero. Por exemplo, depois de demitir Solskjaer, eles trouxeram um diretor esportivo, Ralf Rangnick, algo que ninguém entendeu. Esse cara nem é um técnico. Um clube grande como o Manchester United traz um diretor esportivo não surpreendeu só eu, mas todo o mundo”, afirmou.

Na época em que aceitou assumir o Manchester United, Rangnick estava no Lokomotiv Moscou, da Rússia, como diretor de futebol. Também exerceu a função em clubes da Red Bull, como Leipzig e Salzburg, onde também trabalhou como técnico. Além disso, treinou Schalke 04, Hoffenheim, Hannover e Stuttgart. Atualmente, após deixar o United, comanda a seleção da Áustria.

 

Cristiano Ronaldo ainda criticou a infraestrutura do Manchester United. De acordo com o português, “nada mudou” desde que sua primeira passagem terminou, em 2009.

“Nada mudou. A piscina, a jacuzzi, até a academia, algumas tecnologias, a cozinha. Eles pararam no tempo, o que me surpreendeu muito. Pensei que eu ia ver coisas diferentes, como mencionei antes, tecnologias, infraestrutura. Mas, infelizmente, eu vi muita coisa que vi quando tinha 20, 21, 22, 23 anos, então me surpreendeu muito”, destacou o atacante.

Em 2022/23, Cristiano Ronaldo foi titular em apenas 10 partidas das 23 partidas que o Manchester United disputou (soma três gols marcados e duas assistências. Nos últimos dois jogos, inclusive, o português sequer foi relacionado.

Deixe seu comentário





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *