Ex-vereador paraguaio é assassinado com mais de 30 tiros em cidade na fronteira com o Brasil – Notícias



Um ex-vereador paraguaio foi morto a tiros por desconhecidos na cidade de Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil, que tem sido palco de uma série de ataques nos últimos meses, segundo informou a imprensa local neste sábado (12), citando fontes policiais.


Mario Niz Echagüe, de 72 anos e membro do opositor PLRA (Partido Liberal Radical Autêntico), foi alvejado na noite de sexta-feira (11) por dois sujeitos que estavam em um carro e que teriam fugido em direção à fronteira com o Brasil, detalhou a emissora “Telefuturo”.


Os indivíduos abriram fogo contra o ex-vereador que estava com o filho em frente a uma loja que aparentemente pertence a um parente. Um porta-voz da Polícia Nacional que chegou ao local do ataque disse aos jornalistas que, de acordo com o depoimento do filho do falecido, os atiradores dispararam “sem dizer uma palavra”.



Além disso, indicou que se presume que foram usadas pistolas de 9 milímetros. As versões da imprensa indicam que pelo menos 33 cartuchos foram encontrados. O porta-voz indicou que não há registros de qualquer denúncia sobre possíveis ameaças contra o ex-vereador e se absteve de fornecer mais detalhes.


No último mês de maio, o então prefeito de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo, morreu após ser vítima de um ataque a tiros. Mais tarde, em setembro, o jornalista Humberto Coronel, 33 anos, foi morto em frente à “Radio Amambay”, de propriedade da família Acevedo. Coronel e seu colega Gustavo Báez denunciaram em junho à polícia que haviam sido vítimas de ameaças.




Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *