Exército determina retirada de todos os israelenses que vivem próximo à Faixa de Gaza – Notícias



O Exército anunciou neste domingo (8) que vai retirar todos os israelenses que vivem ao redor da Faixa de Gaza nas próximas 24 horas, após destacar dezenas de milhares de soldados para combater os milicianos palestinos infiltrados.


“Nosso objetivo nas próximas 24 horas é evacuar todos os residentes que vivem ao redor de Gaza”, disse à imprensa o porta-voz militar Daniel Hagari, acrescentando que os combates continuam para “resgatar os reféns” que os radicais islâmicos capturaram em território israelense.



A remoção desses moradores deve ser realizada com total segurança, após uma minuciosa verificação da área, para garantir que não haja mais milicianos, ressaltou.


“Há dezenas de milhares de soldados na região”, e “mataremos cada terrorista em Israel”, acrescentou.


“No momento, estão ocorrendo combates heroicos para libertar os reféns, e também houve combates durante toda a noite”, disse o oficial, referindo-se aos conflitos em Kfar Aza, a 2 km a leste da fronteira com a Faixa de Gaza.


Desde o início da ofensiva contra Israel lançada no sábado (7) pelo grupo islamita palestino Hamas a partir de Gaza, centenas de combatentes morreram e dezenas foram capturados, acrescentou o general Hagari.


“Nós matamos centenas na cerca de segurança [erguida por Israel ao redor da Faixa de Gaza] enquanto avançavam em direção a Israel e enquanto se retiravam. Matamos mais de 400 e ferimos milhares em Gaza”, disse, sem dar mais detalhes.


Hagari afirmou que o Exército israelense retomou o controle das áreas da fronteira da Faixa de Gaza pelas quais os combatentes se infiltraram em Israel.


O general destacou o desdobramento “de dezenas de milhares de soldados combatentes” nas áreas fronteiriças com a Faixa de Gaza.


“Alcançaremos todas as áreas, uma por uma, até que tenhamos matado cada terrorista presente em Israel”, afirmou.


No sábado, o Exército mencionou duas localidades em um raio de 20 km ao redor da Faixa de Gaza onde ocorreram tomadas de reféns: Be’eri, onde dezenas de pessoas foram mantidas como reféns por horas no kibutz, e Ofakim.


De acordo com os meios de comunicação israelenses, esses reféns já foram soltos, mas o Exército, ao ser questionado pela AFP, se recusou a fornecer qualquer informação enquanto a operação estiver em andamento.


Veja fotos do confronto entre Israel e milicianos do Hamas




Source link