Fux manda Alesp e Governo de SP se manifestarem sobre anistia a multa de quem não usou máscara – Notícias

[ad_1]


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux deu dez dias para a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) e o governo estadual se manifestarem sobre uma lei paulista que anistiou multa de quem não usou máscara na pandemia. A ação foi apresentada pelo PT. O ministro mandou o caso diretamente ao plenário. 


A lei estadual 17.843/2023 foi aprovada pela Alesp em outubro deste ano e sancionada pelo governador do estado, Tarcísio de Freitas (Republicanos). Na ação, o PT alega que a norma “esvaziou o caráter punitivo e pedagógico da multa”. 

O PT cita que, durante a tramitação do projeto de lei, foi mostrado que houve 10.790 autuações contra estabelecimentos e festas clandestinas e 579 multas contra pessoas físicas, o que totaliza R$ 72 milhões.


• Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

• Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

• Compartilhe esta notícia pelo Telegram

• Assine a newsletter R7 em Ponto


“A presente ação direta de inconstitucionalidade questiona a validade de norma estadual que, conforme alegado, viola o direito fundamental à saúde e a higidez das receitas públicas, o que evidencia a relevância da matéria e seu especial significado para a ordem social e a segurança

jurídica”, disse Fux. Ainda não há data para julgamento no plenário.

[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *