Israel diz ter evidências da culpa do grupo Jihad Islâmica no bombardeio de hospital em Gaza – Notícias



O Exército israelense afirmou nesta quarta-feira (18) ter “provas” da responsabilidade do grupo palestino Jihad Islâmica pelo bombardeio a um hospital em Gaza que provocou centenas de mortes.


“As evidências, que partilhamos com todos vocês, confirmam que a explosão num hospital de Gaza foi causada pelo disparo de um foguete da Jihad Islâmica que falhou”, disse o porta-voz militar Daniel Hagari em conferência de imprensa.


Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram


“Esta análise profissional é baseada em dados de inteligência, sistemas operacionais e imagens aéreas”, acrescentou. “Não houve nenhum fogo do Exército israelense vindo de terra, mar ou ar que atingiu o hospital”, acrescentou Hagari.



“O nosso sistema de radar rastreou os mísseis disparados pelos terroristas em Gaza no momento da explosão, e a análise da trajetória dos foguetes mostra que foram disparados de uma distância próxima do hospital”, argumentou.


O movimento terrorista palestino Hamas, que governa Gaza, acusou Israel do atentado, que, segundo o grupo, matou mais de 200 pessoas.




Source link