Klabin inaugura novo terminal no Porto de Paranaguá


Produção chega diretamente das fábricas de Ortigueira e Telêmaco Borba em um sistema sustentável

Com capacidade para receber um milhão de toneladas de papel e celulose por ano, foi inaugurado oficialmente nesta quarta-feira (22) o terminal da Klabin no Porto de Paranaguá. O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou do evento de entrega do espaço, que tem mais de 27 mil metros quadrados e faz parte do pacote de leilões de áreas portuárias iniciadas pelo governo estadual em 2019. O local foi arrematado pela Klabin pelo período de 25 anos em uma concorrência pública realizada em agosto de 2019. Com a conclusão da obra, a movimentação pelo Porto de Paranaguá de cargas produzidas pela empresa em Ortigueira e Telêmaco Borba, nos Campos Gerais, ganhará em produtividade, competitividade e sustentabilidade.

Iniciada em junho de 2021, a construção do armazém foi concluída no final de 2022, com início das primeiras operações em dezembro, antes mesmo da inauguração oficial. O investimento na obra foi de R$ 120 milhões, com a geração de 200 empregos diretos. Com o início das operações, o terminal deve gerar ao todo com cerca de 160 postos de trabalho diretos e indiretos. A operação funcionará em um modelo chamado Break Bulk, em que as cargas são movimentadas sem a utilização de contêineres, com embarque de grandes volumes diretamente na parte interna dos navios. O sistema garante o atendimento de clientes em grande escala com maior produtividade.

Tanto a obra quanto a operação incorporam altos níveis de sustentabilidade, segurança e tecnologia. De acordo com o diretor de Logística da Klabin, Roberto Bisogni, um exemplo disso ocorre no transporte das cargas das fábricas de Telêmaco Borba e Ortigueira até o Porto de Paranaguá. “Os vagões são carregados dentro da nossa fábrica em Ortigueira e vêm direto para o nosso novo armazém, de onde são levados aos navios atracados em frente ao terminal”, explicou Bisogni. “É uma operação limpa e eficiente, que reduz as emissões de CO2 na atmosfera, evitando cerca de 40 mil viagens de caminhão do interior até o porto”, completa.

Somente no Paraná, a Klabin conta com cerca de 11 mil trabalhadores diretos e indiretos em 25 municípios com operações da empresa, em especial nos Campos Gerais. A área florestal da companhia no estado é de 433 mil hectares, dos quais 176 mil são de mata nativa. A Klabin é a oitava maior empresa da região e também a quarta maior do Paraná, de acordo com o ranking 500 MAIORES DO SUL, publicado pelo Grupo AMANHÃ com o apoio técnico da PwC. Leia o anuário completo clicando aqui, mediante pequeno cadastro.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *