Líder regional do Estado Islâmico morre em operação militar dos EUA na Somália – Notícias





Uma incursão militar americana pela Somália ordenada pelo presidente Joe Biden matou o líder regional do grupo jihadista Estado Islâmico Bilal al-Sudani, informaram nesta quinta-feira (26) autoridades.


Sudani e outros dez combatentes morreram durante uma troca de tiros, depois que tropas americanas desceram a um complexo de cavernas no norte da Somália com o objetivo de capturá-lo, indicou um funcionário americano do alto escalão.





“Em 25 de janeiro, sob ordens do presidente, o Exército americano realizou uma operação de ataque no norte da Somália que causou a morte de vários membros do Estado Islâmico, entre eles Bilal al-Sudani”, disse o secretário de Defesa americano, Lloyd Austin.


“Sudani foi responsável por promover a presença crescente do Estado Islâmico na África e financiar as operações do grupo em todo o mundo, incluindo o Afeganistão”, acrescentou.





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *