MP pede condenação de dupla que tentou explodir caminhão-tanque perto do Aeroporto de Brasília – Notícias

[ad_1]


O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) pediu à Justiça a condenação de dois homens acusados de envolvimento na tentativa de explosão de uma bomba colocada em um caminhão-tanque de combustível nos arredores do Aeroporto Internacional de Brasília. O caso ocorreu em 24 de dezembro do ano passado.


Em depoimento à polícia, George Washington, que foi preso no mesmo dia, disse que a intenção era chamar atenção para o acampamento montado no Setor Militar Urbano e para o movimento que contestava o resultado das eleições.


Em 17 de janeiro, Alan Diego dos Santos se apresentou em uma delegacia de Comodoro, a 677 km de Cuiabá. Além deles, era suspeito do crime Wellington Macedo de Souza, cuja condenação não foi pedida.


“O plano dos réus era mesmo colocar o artefato perto do aeroporto, conforme informação obtida pelos órgãos de inteligência e relatado pelas testemunhas policiais em juízo. O objetivo era criar pânico na população e, com isso, motivar imaginária ação militar”, disse a promotora de Justiça Vera Gomes.



O Ministério Público também defendeu a condenação de George pelo porte ilegal de armas e pela posse de arma de fogo de uso restrito. Antes de ser preso, ele tinha o registro de CAC (colecionador, atirador desportivo e caçador).

[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *