Mulher viaja à Turquia para fazer plástica e acaba com buraco atrás da orelha – Notícias

[ad_1]


A Turquia é um destino frequente de pessoas que desejam fazer transplante capilar e cirurgias plásticas por preços menores. O país também é conhecido por ter regras menos rígidas a respeito desses procedimentos — alguns deles não são sequer feitos por médicos, apenas supervisionados por esses profissionais.


E foi após ter um procedimento recusado pelo seu médico de sempre que a escocesa Sharon Maxwell, de 39 anos, decidiu desembolsar o equivalente a R$ 43 mil para fazer uma rinoplastia e um facelift, que consiste em esticar a pele por meio de uma cirurgia para remover marcas de envelhecimento.



No facelift, normalmente o médico faz uma incisão na frente ou atrás das orelhas. E foi aí que começou o problema de Sharon.


A paciente saiu da sala de cirurgia frustrada. Em entrevista ao jornal britânico DailyMail, ela disse que possivelmente não operaram o nariz, já que ele parecia o mesmo de antes. As fotos, porém, mostram a região dos olhos roxas, o que é característico de um pós-operatório de rinoplastia. 


Além disso, a mulher contou que não foi feito um facelift, conforme o desejado. 


Sharon relatou ter ficado com um “buraco” sob a orelha porque o médico não conseguiu suturá-lo corretamente. Entretanto, ela não compartilhou com o jornal imagens da lesão.


“Eles não fizeram nada, eles me abriram e fizeram um lifting de pele na lateral do meu rosto e me deixaram com um buraco na parte de trás da minha orelha”, queixou-se.


A escocesa ainda criticou as condições da clínica onde fez a cirurgia. Ela disse que dividiu o quarto no pós-operatório com outras cinco mulheres, comparando o espaço a uma “cela”, e afirmou que a comida era “nojenta”.


Cirurgias plásticas e vida cor-de-rosa: Barbies e Kens humanos fazem sucesso na internet


[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *