“Não é papel do Estado atender mega empresários”, diz Lula


Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante a cerimônia de retomada do legado olímpico.
Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante a cerimônia de retomada do legado olímpico.| Foto: Ricardo Stuckert / PR

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a criticar empresários ao participar da inauguração do Ginásio Educacional Olímpico e Instituto Federal do Parque Olímpico, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (7).

Durante o discurso no evento, Lula disse que não é papel do Estado “atender os mega empresários” que vão à Presidência da República “pedir bilhões e bilhões de reais”. Segundo o petista, “rico gosta de dizer que está devendo”, além de achar “charmoso” dizer que pegou “R$ 5 bilhões no BNDES, juro de longo prazo, 5 anos de carência e vou pagar em 15 anos”.

“Tem gente que não precisa do Estado, mas tem muita gente que precisa, e é para essa gente que o Estado precisa existir. O Estado tem obrigação de garantir oportunidade para que todas as pessoas possam vencer na vida. Esse é o papel do Estado. Não é atender os mega empresários que, cada vez que vão à Presidência, só querem saber de pedir bilhões e bilhões”, disse o petista.

Essa não foi a primeira vez que Lula criticou empresários. Ele coleciona algumas declarações bastante polêmicas como essa feita em janeiro de 2023: “o empresário não ganha muito dinheiro porque ele trabalhou; ele ganha muito dinheiro porque os trabalhadores dele trabalharam”.

O petista também já disse que o Brasil não pode ficar “subordinado à pequenez” de quem defende que o governo mantenha a desoneração da folha de pagamento de 17 setores da economia.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *