ONU pede quase US$ 6 bilhões para ajudar ucranianos


Duas agências da Organização das Nações Unidas (ONU) pediram quase US$ 6 bilhões para ajudar 11 milhões de ucranianos que ainda estão no país e para cobrir as necessidades humanitárias de 4 milhões de refugiados que estão em outros países. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 15.

“Peço a todos os governos generosos e à sociedade civil, pessoas como você e eu em todo o mundo, para doar generosamente hoje”, pediu Martin Griffiths, subsecretário-geral da ONU para Assuntos Humanitários e coordenador de Ajuda de Emergência, em entrevista coletiva em Genebra.

Griffiths, por meio de um comunicado, destacou que o conflito entre Rússia e Ucrânia segue fazendo vítimas, e não há previsão para o fim da batalha.

“Quase um ano depois, a guerra continua provocando mortes, destruição e deslocamentos diariamente, em uma escala assombrosa”, afirmou Griffiths, no comunicado. “Devemos fazer todo o possível para chegar às comunidades mais difíceis de alcançar, incluindo as que estão próximas da linha de frente. O sofrimento do povo ucraniano está longe de acabar, eles continuam precisando do apoio internacional.”

O Plano de Resposta Humanitária para a Ucrânia, que inclui centenas de organizações locais, precisa de US$ 3,9 bilhões em financiamento, enquanto o Plano de Resposta aos Refugiados da Ucrânia requisitou US$ 1,7 bilhão.

O pedido foi feito pelo Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHO) e pela Agência das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR). As agências afirmam que os fundos serão destinados a fornecer alimentos, assistência médica, dinheiro e outras ajudas necessárias.

A Rússia intensificou os ataques no sul e no leste da Ucrânia nas últimas semanas, e uma grande nova ofensiva é esperada para os próximos dias.





Source link