Pazuello tem as contas eleitorais reprovadas pelo TRE do Rio de Janeiro – Notícias



O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, eleito deputado federal com 205 mil votos pelo Rio de Janeiro, teve a prestação de contas eleitorais reprovada pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado. A decisão ocorreu por ele ter declarado com atraso gastos de R$ 286,4 mil.


Os valores que foram apresentados com atraso representam 30% do total usado durante a campanha. De acordo com o parecer da corte eleitoral, as despesas foram realizadas antes do prazo inicial para a prestação de contas. No entanto, Pazuello só apresentou os dados quando a campanha já estava em curso.


A defesa de Pazuello rebateu, afirmando que o atraso na prestação de contas não é motivo suficiente para reprovar as contas do deputado eleito.



Os advogados também sustentaram que, ao longo do processo, foram feitas retificações que permitiram a análise completa dos valores gastos e que ficou comprovado que os recursos foram usados com lisura e transparência.


Cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *