Petrobras perde recurso de dívida de R$ 6,5 bilhões no “voto de qualidade” do Carf


Petrobras
Companhia perdeu recurso que dá voto de desempate à União, mas afirmou que vai recorrer da decisão.| Foto: André Coelho/EFE

A Petrobras perdeu um recurso que tramitava no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) que mantém uma dívida de R$ 6,5 bilhões. O julgamento ocorreu na semana passada com um empate entre os conselheiros da Primeira Turma da Câmara Superior de Recursos Fiscais.

A dívida da empresa com a União foi mantida após
os conselheiros empatarem na decisão e levarem o julgamento ao “voto de
qualidade”, mecanismo que voltou a ser aplicado no Carf neste ano primeiramente
por uma medida provisória e depois por lei. O “voto de qualidade” dá à União o
voto de desempate.

Segundo a Petrobras, a dívida de R$ 6,5 bilhões corresponde ao recolhimento do IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica) e CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido) nos anos de 2013 e 2014. A apuração foi publicada nesta segunda (9) pelo Poder 360 e confirmada pela Gazeta do Povo.

“Com essa decisão, os débitos fiscais correspondentes, que hoje totalizam cerca de R$ 6,5 bilhões, tornam-se definitivos no âmbito administrativo, ressalvada a hipótese de interposição de embargos de declaração. Dessa forma, a companhia avaliará a adoção das medidas cabíveis com vistas a defesa de seus interesses, inclusive no âmbito judicial”, disse a Petrobras em uma nota aos investidores (veja na íntegra).

Apesar da decisão, a companhia informou que não deve fazer um provisionamento de recursos nos demonstrativos.



Source link