PF realiza novas prisões de envolvidos no 8 de janeiro


A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta terça-feira, 14, a sexta fase da Operação Lesa Pátria, com o objetivo de identificar indivíduos envolvidos nos atos de vandalismo ocorridos em 8 de janeiro nas sedes dos Três Poderes, em Brasília.

A PF está cumprindo oito mandados de prisão preventiva e 13 de busca e apreensão, expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, em Goiás, Minas Gerais, Paraná, Sergipe e São Paulo. De acordo com a PF, os fatos investigados constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

A polícia busca identificar pessoas que tiveram algum tipo de participação nos atos, por financiamento, fomento ou até mesmo omissão. Até a última fase da Operação Lesa Pátria, ocorrida na semana passada, a Polícia Federal tinha cumprido 17 mandados de prisão preventiva, sendo três de prisão temporária e 37 de busca e apreensão.

A sexta fase da Lesa Pátria ocorre um dia depois de a Advocacia-Geral da União (AGU) pedir à Justiça Federal a condenação definitiva de 54 pessoas, uma associação, um sindicato e três empresas pelos atos de vandalismo do dia 8 de janeiro. A AGU solicita indenização de mais de R$ 20 milhões.

 





Source link