Primeiro-ministro britânico discursa contra ideologia de gênero


O primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, de 43 anos, viralizou nesta semana ao discursar, na quarta-feira 4, durante a Conferência do Partido Conservador, em Manchester (Inglaterra), contra a ideologia de gênero. “Ninguém deveria ser intimidado a acreditar que as pessoas podem ter o sexo que quiserem”, disse. “Elas não podem.”

Sunak prosseguiu defendendo que “homem é homem, mulher é mulher, e isso é apenas bom senso”. Para o premiê, “essa não deveria ser uma posição controversa”. O líder do Reino Unido — que engloba Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte — assegurou que “a maioria absoluta das pessoas que trabalha duro concorda com essa opinião”.

Leia também: “Bancada evangélica lista decretos de Lula que promovem ideologia de gênero:

Arrancando fortes aplausos da plateia, ele garantiu aos seguidores de seu partido: “Vamos mudar este país, e isto significa vida.” O Primeiro-ministro questionou, ainda, o avanço da ideologia de gênero nas escolas e hospitais.

Rishi Sunak, Primeiro-ministro do Reino Unido, discursa contra a ideologia de gênero, na Inglaterra.
Conservative Conference 2023 (Inglaterra): Rishi Sunak, primeiro-ministro do Reino Unido, discursa para um auditório lotado na cidade de Manchester. | Foto: Reprodução /Redes sociais

“Não deveria ser controverso para os pais saber o que os seus filhos estão aprendendo na escola sobre relacionamentos”, disse Sunak. “Os doentes também têm de saber quando os hospitais se referem a homens ou a mulheres.”

Leia também: “Trans arrependido de vaginoplastia quer suicidio assistido”

Sunak pediu aos conservadores que nunca tenham medo de falar sobre o que é mais importante para eles: a família. “Sempre que você (eu) quer falar sobre a família, alguém sussurra: ‘Isso é sensato, primeiro-ministro?’”, desabafou.

O premiê encerrou encorajando a audiência: “Você será acusado de defender uma visão única”. E continuou: “Mas neste Partido Conservador, o partido que legislou para o casamento entre pessoas do mesmo sexo e está investindo em quantias recordes em cuidados infantis, sabemos que o amor se espalha por gerações.”

Sunak e sua mulher, Akshata Murty, na Conferência Conservadora 2023, em Manchester, na Inglaterra.
Sunak participou da Conferência do Partido Conservador 2023, na Inglaterra, ao lado da mulher, Akshata Murty, com quem tem duas filhas | Foto: Divulgação/Partido Conservador do Reino Unido

O discurso de Rishi Sunak vem justamente no momento em que foram anunciadas medidas polêmicas como a proibição da internação de mulheres trans em enfermarias femininas nos hospitais do Reino Unido. Também há a proibição de que criminosos sexuais condenados possam mudar de gênero.

Leia também: “Juiz proíbe mãe de saber o que filha aprende sobre educação sexual na escola”

A reação da comunidade LGBT+ contra as medidas de Rishi Sunak

A instituição LGBT+ Stonwall criticou as medidas do governo britânico. A entidade acusou Sunak de não fazer um esforço genuíno para melhor a saúde das mulheres: “uma tentativa cínica de parecer ocupado”, acusou.

Há dez anos, em 2013, o Parlamento Inglês, sob o governo conservador do então primeiro-ministro David Cameron, aprovou o casamento entre pessoas do mesmo sexo.



Source link