Quem é o aliado de Lira nomeado por Lula para a presidência da Caixa


Novo presidente da Caixa, Carlos Antônio Vieira Fernandes
Novo presidente da Caixa, Carlos Antônio Vieira Fernandes| Foto: Divulgação/Funcef

Com a saída de Maria Rita Serrano da Presidência da Caixa Econômica (CEF), o comando do banco será repassado para o economista indicado por Arthur Lira (PP-AL), Carlos Antônio Vieira Fernandes.

Anunciada formalmente nesta quarta-feira (25), a demissão de Maria Rita vinha se arrastando desde julho, quando o Partido Progressistas (PP) começou a pressionar o governo pela troca.

Natural da Paraíba, Fernandes é funcionário de carreira da Caixa e deve ser apenas o primeiro ligado ao PP a ocupar cargos na instituição. Há, ainda, outras diretorias que podem entrar na negociação pela ampliação da base governista na Câmara.

Antes da indicação para presidir a Caixa, Fernandes já ocupou cargos no segundo escalão de governos petistas, sempre com apoio do PP.

Durante o primeiro mandato da ex-presidente afastada, Dilma Rousseff (PT), o economista assumiu a secretaria-executiva do Ministério das Cidades. O titular da pasta, na época, era o deputado Aguinaldo Ribeiro, do PP da Paraíba.

Fernandes também ocupou a Secretaria-Executiva do Ministério das Cidades do governo Dilma.

Além disso, o indicado de Lira para assumir a Caixa Econômica já presidiu o Conselho Administrativo da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

Fora da estrutura do governo federal, Fernandes atuou como diretor da BRB Financeira, instituição controlada pelo Banco de Brasília.

A ex-presidente da Caixa é a quarta indicada por Lula no começo do governo a cair para acomodar o Centrão. Além dela, também tiveram de sair da Esplanada as ministras Daniela Carneiro (Turismo) e Ana Moser (Esporte) e o ministro Márcio França (Portos e Aeroportos).



Source link