Quem quer dinheiro? Empreender é o caminho


Brasil tem R$ 18 bilhões disponíveis para investimento em empreendedorismo inovador

Além de um aumento no capital disponível, o número de investidores também cresceu

Embora especialistas apontem a possível chegada do inverno das startups, com a escassez de recursos e investimentos, um mapeamento coletivo coordenado pela plataforma Jupter aponta outra realidade: existem, hoje, aproximadamente R$ 18 bilhões de capital disponível para investimento em empreendedorismo inovador no Brasil. O alerta do mercado é de que as startups podem não sobreviver nos próximos meses ou ter o valuation reduzido. Entretanto, o Brasil conta com um ecossistema de investidores muito bem capitalizado, principalmente, para estágios iniciais de investimentos, como jamais visto antes.

Segundo Bruno Dequech Ceschin, co-founder da Jupter & Anjos&VCs, o mercado está, sim, disposto a assumir riscos. “Embora exista uma certa turbulência para empresas em estágios mais maduros, nos parece que não é o mesmo cenário para as que estão em estágio inicial. Certamente, ajustes de preço, termos e condições acontecem de tempos em tempos, e parece que voltamos a operar em outros patamares”, diz.

Para ele, o cenário é positivo: além de um aumento no capital disponível, o número de investidores também cresceu. A maior concentração de investidores está nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. “As entidades sediadas em São Paulo dominam quase absolutas os investimentos em startups, com 87% dos ativos sob gestão e 64% do capital comprometido e ainda não alocado”, ressalta o executivo. Ele destaca também a relevância da região Sul do país, que ocupa a segunda posição, principalmente, em estágios iniciais de investimento, com a criação da Tech Road, por exemplo.

O número de investidores cresceu desde 2020:são 24 aceleradoras contra 15 do estudo passado. O grupo de anjos, por sua vez, mais do que dobrou de tamanho: de 16 para 33. O capital disponível subiu de R$ 5 bilhões para os atuais R$ 18 bilhões. Ceschin destaca que investimento existe e que há múltiplas formas para as captações de recursos vindos de diversos players. “Não existe um único roteiro ou via a ser percorrida”, aconselha.

Esse conteúdo integra a edição 341 da revista AMANHÃ, publicação do Grupo AMANHÃ. Clique aqui para acessar a publicação on-line, mediante pequeno cadastro.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *