Região dos dois gols do jogo, lado esquerdo da Espanha é destaque em empate com a Alemanha


Espanha e Alemanha empataram em 1 a 1 neste domingo pela segunda rodada do Grupo E da Copa do Mundo do Catar. Na partida, que entregou emoção até o final, o lado esquerdo espanhol se destacou, positiva e negativamente.

A ênfase positiva se deve principalmente à questão ofensiva e ao lateral esquerdo Jordi Alba. Aliás, foi por aquele canto e através dos pés do jogador que a equipe treinada por Luis Enrique construiu o seu gol, aos 16 minutos do segundo tempo. Foi dele o cruzamento rasteiro para Morata balançar a redes alemã.

No entanto, não para por aí. Segundo números da Fifa, das 23 penetrações nas proximidades da área adversária realizadas pela Espanha, 15 aconteceram no lado esquerdo, fosse com Alba, fosse com Dani Olmo. O dado representa 65,3% das infiltrações espanholas no confronto. Além disso, foram seis pelo corredor direito (26%) e apenas duas pelo central (8,7%).

Após abrir o placar, entretanto, Luis Enrique optou por substituir o veterano lateral de 33 anos pelo seu companheiro de Barcelona, o jovem Alejandro Balde, de apenas 19. Principalmente em respostas às mexidas propostas pela Alemanha, com as entradas de Leroy Sané e Niclas Fuellkrug minutos antes.

E é pelo mesmo lado esquerdo espanhol, desta vez defensivo, que o destaque negativo aparece – o gol alemão acontece naquela região do campo. Aos 37 minutos da etapa final, Sané tabelou com Musiala e a bola chegou em Fuellkrug, que ajeitou e bateu forte, vencendo o goleiro Unai Simón.

Conforme os dados da Fifa, a seleção tetracampeã do mundo explorou, preferencialmente, o corredor direito de seu ataque – o esquerdo da defesa da Espanha. Foram 11 penetrações por aquele canto, em um total de 21 realizadas na partida, ou seja, 52,4%. Completando os números, foram seis escapadas pelo lado direito alemão (28,6%) e outra quatro pelo centro (19%).

Como fica a situação de Espanha e Alemanha no Grupo E

Com o resultado, tudo segue aberto para a última rodada. A Espanha continua na liderança, agora com quatro pontos. Já a Alemanha fica na lanterna da chave com o seu primeiro ponto, mas segue com chance de avançar para o mata-mata. Japão, na segunda colocação, e Costa Rica, na terceira, completam o grupo com três pontos cada.

A última e decisiva rodada será disputada na próxima quinta-feira, às 16 horas (de Brasília). No Al Bayt, a Alemanha encara a Costa Rica. Já no Internacional Khalifa, Japão e Espanha se enfrentam no outro duelo decisivo na chave.



Mais vídeos em
videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário





Source link