Saiba quais são os principais sintomas da cistite em mulheres e como é feito o tratamento – Notícias

[ad_1]




Comum entre mulheres, a cistite é uma infecção do trato urinário que afeta a bexiga. A maioria dos casos é causada por bactérias.


O fato de as mulheres serem mais afetadas do que os homens se dá pela proximidade do ânus com a vagina, o que facilita a entrada das bactérias – a E. Coli representa de 75% a 95% dos casos – no trato urinário.


Estimativas mostram que uma em cada três mulheres terão cistite até os 24 anos, e metade até os 32 anos.


Na maioria das vezes, são quadros que se resolvem espontaneamente ou com uso de antibióticos.


O mais importante é saber identificar se existe algo errado e quando procurar ajuda médica.


Segundo o NHS (Serviço Nacional de Saúde) do Reino Unido, os principais sintomas incluem:


• Dor, queimação ou ardência ao fazer xixi;


• Necessidade de urinar com mais frequência e/ou urgência do que o habitual;


• Xixi escuro, turvo ou com cheiro forte;


• Dor na parte inferior da barriga.


“A necessidade urgente de urinar pode causar perda incontrolável de urina (incontinência de urgência), especialmente em idosos”, acrescenta o Manual MSD de Diagnóstico e Tratamento.


Idosos ainda podem ter sintomas pouco específicos, como febre ou confusão mental, de acordo com o guia médico.


O NHS recomenda que a população procure um serviço médico nas seguintes condições:


• Os sintomas descritos acima não desaparecem após três dias;


• Você iniciou um tratamento com antibióticos, e os sintomas permaneceram;


• Dor intensa na parte inferior da barriga;


• Você tem cistite com frequência;


• Está grávida.


É importante estar atento ao quadro como um todo, porque nem sempre o que pode parecer uma infecção urinária é.


Alguns sintomas podem indicar, por exemplo, uma infecção renal:


• Febre, sensação de calor e calafrios;


• Temperatura baixa, agitação ou tremores;


• Dor na parte inferior da barriga ou nas costas, logo abaixo das costelas;


• Confusão mental, sonolência ou dificuldade para falar;


• Mal-estar geral;


• Não urinar durante todo o dia;


• Sangue no xixi.



Diagnóstico e tratamento



Uma vez no hospital, o médico pode pedir exames de urina para detectar possíveis agentes infecciosos que não deveriam estar lá.


Se for identificada a infecção, o tratamento envolve basicamente o uso de remédios para dor (analgésicos) e antibióticos.


“Nas mulheres, a ingestão de um antibiótico por via oral durante três dias é geralmente eficaz, caso a infecção não tenha sofrido complicações, embora certos médicos prefiram apenas uma dose única. Nas infecções mais persistentes, normalmente toma-se antibióticos durante sete a dez dias”, pontua o Manual MSD.


Em alguns casos, mais raros, pode ser necessário realizar cirurgia, se houve obstrução física do fluxo da urina.


Unhas longas podem armazenar até 32 tipos de bactérias 28 de fungos



[ad_2]

Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *