Saiba se você está entre os 25 milhões que receberão o abono salarial a partir do dia 15 – Notícias



O abono salarial PIS-Pasep referente a 2022 começa a ser pago pelo governo federal no próximo dia 15. O pagamento será realizado de forma escalonada, conforme o mês de nascimento dos quase 25 milhões de trabalhadores beneficiados. Para consultar se tem direito, basta acessar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou o portal Gov.br.



Os beneficiários podem consultar ainda se há valores a receber de anos anteriores. Todos os trabalhadores podem sacar o dinheiro até 27 de dezembro. 


O valor total dos pagamentos chega a R$ 27 bilhões. São beneficiários 21,9 milhões trabalhadores da iniciativa privada e 2,89 milhões de servidores públicos.


Quem tem direito?


O abono salarial é um benefício anual, com valor máximo de um salário mínimo, que atualmente é de R$ 1.412. Para ter direito, é preciso:

• estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;

• ter trabalhado formalmente com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2022;

• ter recebido até dois salários mínimos mensais; e

• ter os dados informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais ou no e-Social do ano-base a ser pago.


Datas dos pagamentos


PIS

• Nascidos em janeiro – 15 de fevereiro

• Nascidos em fevereiro – 15 de março

• Nascidos em março – 15 de abril

• Nascidos em abril – 15 de abril

• Nascidos em maio – 15 de maio

• Nascidos em junho – 15 de maio

• Nascidos em julho – 17 de junho

• Nascidos em agosto – 17 de junho

• Nascidos em setembro – 15 de julho

• Nascidos em outubro – 15 de julho

• Nascidos em novembro – 15 de agosto

• Nascidos em dezembro – 15 de agosto


Pasep

• Final de inscrição 0 – 15 de fevereiro

• Final de inscrição 1 – 15 de março

• Finais de inscrição 2 e 3 – 15 de abril

• Finais de inscrição 4 e 5 – 15 de maio

• Finais de inscrição 6 e 7 – 17 de junho

• Final de inscrição 8 – 15 de julho

• Final de inscrição 9 – 15 de agosto


Mais informações


Informações adicionais podem ser solicitadas nas unidades das superintendências regionais do trabalho e pelo telefone 158.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *