Segundo a OMS Monkeypox ainda é emergência de saúde internacional


Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor- geral da  Organização Mundial da Saúde (OMS), decidiu nesta quarta-feira que a monkeypox, mais conhecida como varíola do macaco, ou Mpox, ainda é é uma emergência de saúde pública de interesse internacional (PHEIC, da sigla em inglês). O status, que é o mesmo para s Covid-19, foi dado ao vírus no dia 23 de julho de 2022.

A decisão foi dada junatmenrte com o  relatório favorável à manutenção da emergência. O Comitê de Emergência do Regulamento Sanitário Internacional se reuniu na ultima quinta- feirra, dia 9,  para discutir sobre o assunto. 

A organização informou, em nota, que reconhece o progresso em nivel global, mas considera que o status precisa ser mantido, na mesma medida em que os esforços são integrados aos porgramas de vigilância e de controle dos países. 


Imagem ilustrativa do virus monkeypox / Reprodução: OPAS


 

Esssa decisão é importante porque, apesar da redução considerada significativa  no número de casos, os especilaistas afirmam que ainda há uma quantidade grande, especialemente em paises das Américas. açém disso, em algumas regiões, existe uma provável subnotificação dos diagnósticos. 

“Portanto, o Comitê considerou várias opções para manter a atenção e os recursos para controlar o surto e aconselhou a manutenção da Emergência de Saúde Pública de Interesse Internacional (PHEIC), enquanto começa a considerar planos para integrar a prevenção, preparação e resposta à mpox nos programas nacionais de vigilância e controle, inclusive para HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis”, consta no comunicado da OMS. 

Em um anúncio foi feito durante uma coletiva de imprensa wue aconteceu viertualmente, após a segunda reunião do Comitê de Emergência do Regulamento Sanitário Internacional sobre o surto de varíola, Thedros afirmou que: 

“A avaliação da OMS é que o risco de varíola dos macacos é moderado em todas as Regiões do mundo, a exceção da Europeia, onde avaliamos o risco como alto”, disse diretor-geral, acrescentando que “há também um risco claro de maior disseminação internacional, embora o risco de interferência no tráfego internacional permaneça baixo no momento”.

Apesar de já ter se passado quasde um ano desde esse comunicado, os cuidados permanecem os mesmos. 

Foto de destaque: Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor- geral da  Organização Mundial da Saúde (OMS) / Reprodução: Folha – UOL

 





Source link

One thought on “Segundo a OMS Monkeypox ainda é emergência de saúde internacional

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *