Terroristas do Hamas atiram contra palestinos que pedem paz e os obrigam a voltar para hospital – Notícias



Os terroristas do Hamas são suspeitos de atirar contra um grupo de palestinos que pediam paz e os obrigaram a voltar para um hospital na Faixa de Gaza. A gravação da ação foi divulgada na sexta-feira (10) pelo perfil Israel Realtime na rede social X (antigo Twitter).



Nas imagens, homens, mulheres, idosos e crianças pequenas aparecem segurando pedaços de pano branco. Apesar de o grupo demonstrar rendição, é possível ouvir disparos de arma de fogo, o que provocou correria entre os palestinos. 


Segundo o perfil, responsável pela divulgação do vídeo, o grupo foi forçado pelos terroristas a regressar ao campus do hospital para salvar a própria vida. 







Evacuação de hospital






Neste sábado (11), o Exército israelense afirmou que ajudará a evacuar bebês do hospital Al-Shifa, o maior da Faixa de Gaza, onde tropas israelenses e integrantes do Hamas estão travando intensos combates. A guerra já matou mais de 12 mil pessoas, na maioria civis.


• Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

• Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

• Compartilhe esta notícia pelo Telegram

• Assine a newsletter R7 em Ponto



“O pessoal do hospital Al-Shifa solicitou nossa ajuda para transferir os bebês da unidade de pediatria para outro hospital mais seguro amanhã”, declarou o porta-voz do Exército israelense, Daniel Hagari.


As Forças de Defesa de Israel também informaram, neste sábado, que mataram Ahmed Siam, terrorista do Hamas responsável por manter aproximadamente mil residentes e pacientes de Gaza como reféns no hospital Rantisi.


Siam impedia a saída deles em direção ao sul, onde a ameaça é menor. Segundo os israelenses, Siam comandava a Companhia Naser Radwan, do Hamas, e usava civis de Gaza como escudos humanos para fins terroristas.





Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *