Tiktoker viraliza ao ‘comemorar’ um ano de candidíase; saiba por que isso acontece – Notícias

[ad_1]


A tiktoker Raynara trouxe uma comemoração inusitada aos seus seguidores: em novembro, fará um ano que aela está com candidíase, infecção fúngica causada por espécies de leveduras Candida, segundo o Manual MSD de Diagnóstico e Tratamento. 



Raynara já procurou vários profissionais, mas sem conseguir uma solução para seu quadro. 




O ginecologista e obstetra Alexandre Pupo, membro da Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia), afirma que esse fungo é comum em líquidos, superfícies e nas floras vaginal e intestinal. 


Quando há um desequilíbrio dos lactobacilos dessa flora, ocorre uma mudança na acidez vaginal, propiciando o ambiente para a Candida se proliferar e gerar a infecção. 


Já a candidíase de repetição ocorre quando a paciente passa por quatro ou mais episódios da infecção ao longo de um ano, alega o ginecologista César Patez. 


“Essas situações, inclusive, podem estar relacionadas a pacientes com baixa imunidade, ao uso excessivo de antibióticos, estresse crônico, gravidez e doenças que sejam autoimunes ou até mesmo diabetes.”


Raynara afirma que foi levantada a hipótese de que o DIU (dispositivo intrauterino) ser o causador das repetidas infecções.


Segundo Pupo, a causa não é comum, mas, o DIU hormonal pode, sim, propiciar a condição devido a um desequilíbrio da flora vaginal, causado pelas altas doses de progesterona. 


• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram


De acordo com Patez, os riscos de ficar tanto tempo com candidíase, como o caso de Raynara, é o de gerar uma infecção superficial na mucosa ou, até mesmo, sistêmica, caso a mulher tenha a imunidade baixa, trazendo muita coceira e dor.


O diagnóstico costuma ser realizado por análise clínica, com sintomas como corrimento branco-esverdeado, coceira, ardência e, eventualmente, inchaço da região. Pode-se, também, realizar a cultura da secreção vaginal ou o exame de papanicolau. 


Os especialistas dizem que o tratamento é feito, basicamente, com a mudança de hábitos alimentares, diminuindo a ingestão de açúcar, que pode aumentar a acidez vaginal, e aumentar o consumo de probióticos.


Ainda, podem ser usados medicamentos que cessem a proliferação fúngica no local, além de manter hábitos adequados de higiene. 


Crise fúngica


Em um de seus últimos vídeos, Raynara alegou a possibilidade de estar com uma crise fúngica.




O quadro é caracterizado por uma proliferação exagerada de fungos, que atingem outros locais além da vagina, como o trato digestivo, e apresentação de aftas, sapinho, distensão abdominal e gases.


Pupo afirma que é raro que a candidíase desencadeie uma crise fúngica. No entanto, pode ocorrer uma infestação fúngica por desequilíbrios da dieta e quedas da imunidade. Nesses casos, o tratamento deve ser iniciado rapidamente.


[ad_2]

Source link

6 thoughts on “Tiktoker viraliza ao ‘comemorar’ um ano de candidíase; saiba por que isso acontece – Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *