União Europeia estabelece data limite para venda de veículos novos movidos a gasolina ou diesel – Notícias







A União Europeia vai fechar as portas para a venda de automóveis com motor de combustão, a partir de 2035, e também pretende reduzir drasticamente as emissões dos ônibus e dos caminhões pesados.


O Parlamento Europeu aprovou nesta terça-feira (14) o projeto de regulamento que põe fim às vendas de veículos novos com motor a gasolina, ou a diesel, em 2035. O emblemático texto para os objetivos climáticos europeus foi aprovado por 340 votos a favor, 279 contra e 21 abstenções.


Um pouco mais tarde, em Bruxelas, a Comissão Europeia – o braço executivo da União Europeia – anunciou a meta de que até 2030 todos os ônibus urbanos sejam modelos de emissão zero, seja com motores movidos a eletricidade, ou a hidrogênio.







Ao mesmo tempo, propõe-se a reduzir as emissões dos caminhões pesados a partir de janeiro de 2030 em pelo menos 45% com relação a 2019. Esse corte aumentaria para 65% em janeiro de 2035 e chegaria a 90% em 2040.


“Os fabricantes poderão usar tecnologias de sua escolha para atingir esses objetivos, por exemplo, eletrificação, células de combustível de hidrogênio, ou hidrogênio”, disse a Comissão em um comunicado.


Essa proposta, que agora será negociada entre os eurodeputados e os países do bloco, revisa os padrões de emissão de CO2 como parte do ambicioso plano climático da União Europeia.


Em 2022, um em cada oito carros novos vendidos no bloco era de “emissão zero”.







Source link