Vereador de cidade paraibana come papel, em protesto contra prefeito


O vereador Josmá Oliveira (PL), da cidade de Patos, na Paraíba, adotou uma maneira inusitada de protestar contra o prefeito, Nabor Nóbrega Filho: comeu pedaços de papel que continham as regras da Lei Orgânica do Município. A cena ocorreu na sexta-feira 22, em sessão na Câmara de Vereadores.

Oliveira sugeriu que os parlamentares desrespeitaram o regimento interno da Casa Legislativa para acelerar a análise e a votação de pautas que interessam à prefeitura de Patos.

“Vou comer aqui um pedaço da Lei Orgânica, porque não serve de nada isso aqui”, disse o vereador, enquanto despedaçava o papel em suas mãos. “É melhor comer, mesmo. Pelo menos, está servindo para alguma coisa.”

Em linhas gerais, a Lei Orgânica estabelece as regras de funcionamento da administração pública.

Leia também: “Vereador sugere que autismo se cura na chibata”

Durante o discurso, o parlamentar disse que a Câmara está se transformando na “cozinha gourmet” do prefeito da cidade.

Oliveira chegou a pedir café para um dos assessores e ofereceu o papel para outros colegas. Para ajudar na ingestão da Lei Orgânica, o vereador tomou a água que estava no púlpito.

A reação contra o vereador que comeu papel

Em vídeo divulgado nesta segunda-feira, 25, nas redes sociais, a presidente da Câmara Municipal de Patos, Tide Eduardo (União-PB), rechaçou a alegação de que os parlamentares estivessem descumprindo o regimento interno da Casa Legislativa.

Leia mais: “Vou entrar no banheiro onde sua mulher e filhas estiverem, diz parlamentar trans”

“Foi feita a convocação”, disse Tide. “Foi cumprido o prazo de dois dias para iniciarmos as nossas sessões extraordinárias durante os dias 21 e 21. O projeto tramitou nesta Casa de maneira normalmente [sic], onde recebeu os devidos pareceres.” Ao fim do discurso, a parlamentar disse que Oliveira “se equivocou em dizer que os trâmites não foram cumpridos”.

“Vídeos: vereador joga dinheiro pela janela e acusa prefeito de suborno”





Source link